QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 20 de Novembro de 2017
notícias
 Educação
     
À espera de reforma de escola em cidade de MT, alunos estudam há 2 anos em contêineres

Foto: Seduc/MT 


Denise Soares do G1 MT


Alunos da Escola Estadual Marechal Cândido Rondon, no Distrito de Coqueiral, em Nobres, a 151 km de Cuiabá, estudam em contêineres há mais de 2 anos à espera da reforma da escola, que nem chegou a ser utilizada pelos estudantes. Ao custo de R$ 1,3 milhão, a unidade foi concluída em 2011 e interditada depois de um ano e meio por falhas na estrutura, tanto no telhado quanto na parte elétrica e até na fossa da escola.Naquela ocasião, a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) não recebeu a obra porque apresentava problemas e os serviços não foram realizados de acordo com o contratado, impedindo a estrutura com oito salas de aula de receber os alunos da região.

Atualmente, aproximadamente 240 alunos, do ensino fundamental, médio e Ensino de Jovens e Adultos (EJA), recebem aulas em 10 salas móveis alugadas pelo governo. As estruturas, conforme a direção da escola, são alugadas pelo valor de R$ 36 mil ao mês. Os pais dos estudantes cobram que a reforma seja feita e os alunos possam receber as aulas em melhores condições.

Mesmo com o prédio interditado, os alunos utilizam o banheiro da escola, a cozinha e o refeitório da instituição. A quadra de esportes da escola também foi interditada e os alunos não têm um local para a prática de esporte.“A acústica dessas salas é horrível. Se um professor fala em uma sala, dá para escutar em outras três. Os professores sofrem muito, os alunos ficam agitados e os professores estressados. Se ligamos o ventilador, o barulho aumenta e o professor tem que gritar para ser ouvido”, declarou a diretora da escola, Helen Reis.Segundo os funcionários, não há água potável para os alunos. A instituição conta com o abastecimento de caminhões-pipa que atendem a comunidade da região. Muitas vezes, pais e professores tiram dinheiro do próprio bolso para ajudar nas necessidades dos estudantes.“Tivemos problemas desde a inauguração da escola. Em 2012 houve uma fiscalização que considerou a estrutura como imprópria. Em abril de 2015 o governador nos fez uma visita e prometeu que as obras começariam em 45 dias. Quando eles [o governo] nos visitam, nos enchem de esperança”, disse a diretora.

A visita, feita em abril de 2015, teve a presença do governador Pedro Taques e do ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto. Permínio ficou preso entre julho e dezembro de 2016 suspeito de participar de um esquema de corrupção para desviar verbas da Educação.A situação de insegurança e precariedade fez com que cerca de 100 alunos saíssem da escola a pedido dos pais, conforme a direção. A última resposta da Seduc dada aos funcionários, diz que existe a previsão de que as reformas comecem em maio deste ano.

Seduc

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) informou que rescindiu o contrato com a empresa responsável pela locação das salas móveis da escola por conta de irregularidades apontadas na Operação Rêmora. A Seduc deve realizar uma nova licitação para trocar as salas móveis por ambientes que forneçam melhor qualidade para os alunos e educadores. O processo deverá ser licitado já no mês de março.Sobre a obra de reforma da escola, a Seduc declarou que entrou na Justiça para pedir a rescisão do contrato e atualmente o processo se encontra na Controladoria Geral do Estado (CGE). Assim que o contrato for rescindido, a Seduc reabrirá a licitação para a execução dos serviços, que incluem a reforma da cobertura, instalação-hidro sanitárias e elétricas de baixa tensão e posto de transformação. O investimento será de aproximadamente R$ 815 mil.

 




Fonte: G1MT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Educação
16/11/2017
14/11/2017
06/11/2017
05/11/2017
25/10/2017
19/10/2017
17/10/2017
09/10/2017
06/10/2017
04/09/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
Enquete

Início   -   Eventos   -   Vídeos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conheça Juara
© 2017 - Juara Net