QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 25 de Novembro de 2017
notícias
 Educação
     
Secretário de Educação diz que evasão escolar no ensino médio é catastrófica em MT

 Tarso Nunes 


 

O secretário estadual de Educação (Seduc), Marco Marrafon, afirma que a reforma do ensino médio, sancionada pelo presidente da República Michel Temer (PMDB), reduzirá a evasão escolar que fechou 2016 no Estado em 36%. “Nós temos um índice alarmante de evasão escolar no ensino médio por conta de estar defasado em relação às vocações e interesse dos alunos”, avalia.

Marrafon refere-se ao índice de distorção da idade do aluno e série que frequenta, ou seja, quando o estudante está em ano escolar atrasado para sua idade. Para se ter uma ideia, segundo o secretário, nos primeiros anos do ensino fundamental o percentual de evasão é de apenas 4%. No final desse ciclo o índice sobe para 9%. “Então 36% é catástrofe e a gente precisa de políticas para corrigir e colocar os estudantes na idade certa”, sustenta o gestor.Para isso, o secretário explica que o governo pretende aumentar o número de escolas em tempo integral, medida também incentivada pela reforma. Revela ainda que o intuito é atingir 15 escolas neste ano. No início da gestão eram apenas quatro. O objetivo é reduzir em até 40% a evasão escolar. “Vai depende de como vamos conseguir avançar na implantação dessas escolas, assim como da adesão da comunidade escolar e da própria sociedade civil em manter estudantes nas escolas”, explica.

O secretário acredita que a partir do programa Pró-Escolas possa fazer uma discussão, bem como estabelecer regras no sistema estadual de educação. “Uma das melhores coisas que essa reforma tem é descentralizar, permitindo melhor campo de atuação dos Estados”, ressalta.Em relação aos principais pontos polêmicos da reforma, que foi a não obrigatoriedade de educação física, sociologia e história, Marrafon explica que em Mato Grosso vai manter essas disciplinas em sua grade. “Mas tem vantagem interessante que adota modelo debatido há anos pelo MEC que dá mais oportunidade de escolhas de vocações e protagonismo ao jovem no ensino médio”, sustenta.

Ensino médio

A reforma foi sancionada pelo presidente da República Michel Temer (PMDB), em meados do mês passado. O texto permite que as escolas estabeleçam os 40% da carga horária dos três anos de ensino médio. O restante, 60%, será composto de conteúdo obrigatório, que está ainda em debate pela Base Nacional Curricular Comum (BNCC). Nesses 40% as escolas deverão oferecer pelo menos um de cinco itinerários formativos que são: linguagens e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias; ciência da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e sociais aplicadas; e formação técnica e profissional.




Fonte: RDNEWS
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Educação
16/11/2017
14/11/2017
06/11/2017
05/11/2017
25/10/2017
19/10/2017
17/10/2017
09/10/2017
06/10/2017
04/09/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
Enquete

Início   -   Eventos   -   Vídeos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conheça Juara
© 2017 - Juara Net