QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 16 de Agosto de 2018
notícias
 Juina
     
Assaltantes roubam dinheiro de madeireira e trocam tiros com a Polícia Militar; Um morre e dois ficam feridos em Juina
Fotos: Juína News

 A manhã deste sábado, dia 4, começou movimentada para as polícias de Juína, no Mato Grosso.Logo pela manhã dois bandidos armados invadiram o escritório de uma madeireira no setor Industrial na cidade, renderam os funcionários e roubaram todo o dinheiro um pouco mais de 100 mil reais que seria usado para pagamento dos funcionários da empresa e aparelhos celulares, e em seguida empreenderam fuga com destino ignorado.O proprietário da empresa saiu em busca de socorro e abordou uma viatura Policial na rua onde de imediato relatou o acontecido aos Policiais.Um aparelho Iphone roubado pelos bandidos possui um sistema de monitoramento, e diante das informações foi possível constatar o local em que os bandidos se encontravam.

A polícia conseguiu identificar a localidade onde a dupla de assaltantes estava. Os criminosos abandonaram a motocicleta utilizada no roubo próximo ao motel, porém próximo a oficina Só Tratores na Avenida JK, a guarnição do moto patrulhamento conseguiu abordar os bandidos que saíram de uma rua paralela em um veículo Fiat Uno com placas da cidade de Brasnorte NJN – 6701, onde os assaltantes entraram no veículo e saíram.A polícia deu ordem para que parasse, porém não atenderam a ordem, e os bandidos efetuaram disparos contra a guarnição policial que revidou e acabou matando um deles e ferindo dois.A Perícia Oficial e Identificação Técnica foi acionada para o exame de local de crime, e recolheu provas que auxiliará nas investigações da polícia.

No interior do carro, a perícia localizou dois revolver calibre 38, celulares e uma mochila que provavelmente está com o dinheiro roubado na empresa. Todos os materiais foram apreendidos e levados para delegacia de polícia.O corpo do assaltante morto identificado como Luiz Carlos Souza Silva, de 24 anos, natural de Juína foi levado para o IML. Os comparsas estão hospitalizados sob escolta da PM são: Samuel Lima Oliveira, 26, e Genivaldo Almeida, 44, ambos são naturais de Nossa Senhora da Glória no Sergipe, mas atualmente residem no distrito de Terra Roxa.Após alta médica deverão ser autuados em flagrante pelo crime de roubo e tentativa de homicídios contras os policiais.O delegado da Polícia Civil José Carlos Damian falou à imprensa que a arma encontra-se em punho do assaltante morto, e no carro em que ambos estavam tem uma mochila que possivelmente esteja o dinheiro e os objetos oriundos do assalto e também os aparelhos celulares.Segundo delegado José Carlos, os modus operandis dos bandidos levam a crer que eram amadores.

Relatos de uma das vítimas

Um dos colaboradores da empresa que não quis ter sua identidade revelada, falou a reportagem do Juína News sobre os momentos de terror e pânicos que toda equipe do escritório passou durante o tempo em que os assaltantes mantiveram na empresa.Segundo relatos da testemunha, os bandidos chegaram na empresa por volta das 08:00 horas e já abordaram a secretária com uma arma na cabeça e os demais que estavam no local e o tempo todo ameaçava as pessoas de morte e falava para que ninguém olhasse neles, em seguida obrigou os funcionários a entregar todo o dinheiro que estava nas gavetas e também ordenou que fosse entregue objetos como jóias, relógios, alianças e tudo o que tivesse de valor na empresa e com as pessoas.Os bandidos estavam de capacete, e todo o tempo faziam ameaças de morte, chutavam as mesas e geraram um pânico, fazendo com que todos os funcionários deitassem no chão e saíram em seguida.Em relatos ainda a testemunha disse ter lembrado que um dos celulares havia rastreador e após se recuperar do pânico ligou para os demais colaboradores da empresa que já começaram a rastrear os meliantes. Eram dois assaltantes, um adentrou o escritório e o outro ficou do lado de fora dando cobertura. Foi uma situação difícil e humilhante para todos, ressaltou a testemunha, que disse não saber como que os assaltantes sabiam que hoje seria o pagamento da empresa.

 

 

  





Fonte: JuinaNews
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Juina
07/08/2018
05/08/2018
03/08/2018
23/07/2018
29/06/2018
25/06/2018
14/06/2018
28/05/2018
24/05/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2018 - Juara Net