QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 21 de Outubro de 2017
notícias
 Mato Grosso
     
21% das prefeituras de MT não têm controle para a compra de merenda escolar, diz TCE

 Um levantamento apontou que em 21,8% dos municípios mato-grossenses não existe nenhum tipo de controle discal para a compra de merenda escolar. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (9), mostram também que em 43,5% dos municípios mato-grossenses há ausência completa de normatização de critérios de pesquisa de preços para merenda escolar.Ainda, em 36,3% das cidades o controle é informal e quase sempre apresenta falhas. O levantamento foi feito por controladores do órgão em 124 municípios. Os dados foram reunidos há um ano e tinham a proposta de melhorar a alimentação escolar e os gastos públicos realizados.Sobre o estoque de alimentação escolar, o TCE percebeu que o descontrole também existe. Em 50,8% dos municípios o controle das condições de estocagem e conservação dos alimentos adquiridos é informal.


Na hora de montar o cardápio, em 27,4% das cidades o trabalho não é feito por nutricionistas. Em relação aos gastos com a alimentação escolar, os municípios mato-grossenses gastaram, em 2015 e 2016, R$ 34.451.526,64 com recursos próprios. Também foram gastos, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, R$ 28.542.321,71 em alimentação escolar.Ainda, em 8,9% dos municípios há ausência completa de nutricionistas nas escolas e em 50% das cidades de Mato Grosso o controle de um cardápio para a merenda escolar é totalmente informal.

O levantamento também realizou teste de aceitabilidade de cardápios com os alunos; além de verificar a padronização das especificações técnicas dos gêneros alimentícios utilizados na alimentação escolar; a aquisição de gêneros alimentícios com base em uma pauta, lista ou relação de compras; e a normatização dos critérios para a pesquisa de preços de gêneros alimentícios prévia para realização de licitação, dispensa e inexigibilidade.Até mesmo a adoção de rotinas para prevenção de fraudes e conluios nos processos de aquisição de gêneros alimentícios. O TCE determinou aos gestores dos municípios mato-grossenses que elaborem um plano de ação para implementar e/ou aperfeiçoar a compra das merendas.

 




Fonte: G1MT
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Mato Grosso
20/10/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2017 - Juara Net