QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 14 de Dezembro de 2017
notícias
 Mato Grosso
     
Governo confirma escalonamento de salários; servidores que ganham até R$ 5 mil recebem hoje

 O Governo do Estado confimrou que, dificilmente, pagará os salários de outubro dos servidores públicos sem escalonar os vencimentos. É o que diz o secretário da Casa Civil, Max Russi, que admitiu hoje cedo, durante uma reunião de prefeitos com a bancada federal em Brasília e Governo do Estado, realizada na Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM). O secretário afirmou que os repasses que eram esperados pelo Governo do Estado e possibilitariam o fechamento da folha de pagamento, não foram recebidos. Com isso, a tendência é de escalonamento por faixa de salários. “Não recebemos nenhum dinheiro. Nada. Hoje tem a possibilidade da Conab, pois é o último dia do Refis. Estamos nesta expectativa, mas acho difícil, particularmente”. A Companhia de Abastecimento (Conab), possui uma dívida com o Governo do Estado há vários anos e foi feito um acordo para ela ser quitada. O repasse seria de cerca de R$ 130 milhões.


O dinheiro era fundamental para que o governo pudesse quitar a folha de pagamento relativa a outubro, conforme anunciado na semana passada pelo governador Pedro Taques, antes da viagem para a China. Na ocasião, ele afirmou que tinha pouco mais de 80% do dinheiro necessário.

“Vamos anunciar, as 13h ou 14h, para anunciar como fazer. Vamos pagar (os salários) até R$ 5 mil. Agora o Gustavo (Oliveira, da Secretaria de Fazenda) está lá fazendo as contas e tem o dinheiro da Conab para entrar. Se entrar, a gente paga tudo, mas particularmente, 90% de chances de não entrar hoje. Será uma reunião com o Fórum Sindical. Vamos comunicar a eles primeiro e vamos tentar pagar o máximo possível”, anunciou Russi.  Caso não cumpra com pagameno de toda a folha, o Governo irá descumprir a Constituição Estadual, que prevê pagamento de salários até o dia 10 do mês seguinte ao trabalhado. Categorias que recebem acima de R$ 5 mil, como delegados da Polícia Civil, anunciaram que podem ingressar na Justiça por conta do atraso.




Fonte: Folhamax
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Mato Grosso
14/12/2017
13/12/2017
12/12/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2017 - Juara Net