QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 16 de Agosto de 2018
notícias
 Mato Grosso
     
Criminosos que levaram R$ 340 mil do Banco do Brasil em MT ostentaram dinheiro e compraram veículos de luxo

Foto: Rogério Florentino/Olhar Direto 


Criminosos que levaram R$ 340 mil do Banco do Brasil ostentaram dinheiro e compraram veículos de luxoWesley Santiago


Os quatro criminosos presos, acusados de furtar R$ 340 mil de uma agência do Banco do Brasil, localizada no Centro de Cuiabá, ostentaram com o montante levado. Eles aproveitaram para comprar veículos de luxo e guardaram apenas parte do dinheiro, que foi encontrado pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), durante a ‘Operação Vendaval’, deflagrada nesta sexta-feira (03). 

“Desde o evento, iniciamos a investigação em um trabalho integrado com a Polícia Federal e o Núcleo de Inteligência da Delegacia Regional e conseguimos a identificação de cinco pessoas. Representamos para mandados de busca em nove alvos, todos cumpridos hoje. Destas, pegamos em flagrante quatro acusados, que estavam com elementos arrecadados no crime. Dinheiro, moeda estrangeira e veículos”, explicou o delegado titular da GCCO, Diogo Santana, ao Olhar Direto.Com os criminosos, foram encontrados R$ 27 mil, 20,5 mil euros e três mil dólares. Com outra parte do montante furtado, os bandidos ostentaram e compraram veículos de luxo, sendo três motocicletas (duas XRE e uma BMW) e um automóvel: “Estavam ostentando e gastando o dinheiro. Conseguimos recuperar parte do dinheiro, o que já é de grande valia, incluindo moeda estrangeira”, comentou Diogo.

 A delegada Juliana Chiquito Palhares, que passou a integrar a equipe da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), disse que “com os elementos que temos na investigação e com os interrogatórios dos investigados, poderemos traçar as dinâmicas dos fatos. Com isto, poderemos esclarecer – de forma mais concreta e segura – a ação criminosa em si, do seu início ao término”.

 O caso 

A ação criminosa teria sido iniciada no dia 29 de junho. Porém, os bandidos só teriam sido descobertos dois dias depois. Após efetivar o crime, eles também teriam deixado um bilhete em tom de ironia. A Polícia Civil, questionada, declarou que detalhes da investigação serão mantidos em sigilo. “Muito obrigado pela gentilesa (sic)”, diz o bilhete.Segundo informações da Polícia Militar, dois cofres da tesouraria foram arrombados. Os criminosos também arrombaram um caixa eletrônico na parte principal da agência.




Fonte: Olhar Direto
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Mato Grosso
15/08/2018
14/08/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2018 - Juara Net