QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 24 de Novembro de 2017
notícias
 Pol√≠tica
     
Oscar Bezerra diz que oposição trava PEC para impedir crescimento de Taques

Imagem:Reprodução 


RAFAEL DE SOUSA


O deputado estadual Oscar Bezerra (PSB), que compõe a base aliada do Governo na Assembleia Legislativa, afirmou que as manobras da oposição para travar a votação da Proposta de Emenda a Constituição (PEC) que impõe um teto para os gastos públicos do Estado pelos próximos 10 anos já eram esperadas e tem como único objetivo impedir a evolução da gestão governador Pedro Taques (PSDB).

“Vai aprovar dentro dos prazos. Depois da primeira [votação] nós temos 15 dias de vacância para votar em segunda e está tudo na programação porque já era previsto que a oposição faria esse movimento para atrapalhar [a votação]”.A manobra a qual Oscar Bezerra se refere é regimental e impediu, pela segunda vez somente em outubro, que os deputados estaduais aprovassem a proposta na última terça-feira (17).A votação foi suspensa após o pedido de vista compartilhado dos deputados estaduais Mauro Savi (PSB) e Allan Kardec (PT). A situação é bem parecida com a do último 10 quando o deputado de oposição Valdir Barranco (PT) também pediu vista para barrar a tramitação da proposta.Para Bezerra a oposição não pensa na população e sim em impedir o crescimento do Estado.“É preocupante porque a oposição não está pensando na população de uma forma geral, mas, sim, em obstruir a evolução do Governo. Isso é muito ruim porque as pessoas que estão sem saúde pode continuar sem se não fizermos a PEC. Sem a proposta não teria dinheiro para investir onde precisa”, argumentou.

PEC

Pela proposta, durante o tempo de validade da PEC, as despesas dos poderes ficarão congeladas em valores referentes ao ano de 2016 e os orçamentos só poderão ser reajustados pelo índice da inflação do período.A repactuação da dívida com PEC do Teto de Gastos deve promover economia de R$ 1,3 bilhão ao Estado.Aprovada pela Assembleia, e com a promulgação pelo presidente Eduardo Botelho (PSB), a PEC passa a valer sem a necessidade de sanção do governador Pedro Taques (PSDB).

 

 

 




Fonte: Reporter MT
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Pol√≠tica
23/11/2017
22/11/2017
21/11/2017
19/11/2017
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2017 - Juara Net