QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 23 de Maio de 2018
notícias
 Pol√≠tica
     
Ministro Gilmar Mendes é hostilizado em voo de Brasília a Cuiabá e reage com ironia assista vídeos
Imagem:Reprodução

Barbara Sá

O ministro mato-grossense Gilmar Mendes, do Superior Tribunal Federal (STF), foi hostilizado em voo de Brasília a Cuiabá. Foi necessária intervenção da Polícia Federal (PF) para conter os gritos de “fora Gilmar” e a indignação dos passageiros presentes.Alguns tripulantes gritavam que o “STF não presta para nada”. Entre gritos de “o Aécio você não prende”, “vai soltar o Lula também” ou "você é uma vergonha para o Brasil”, é possível notar que Gilmar apenas sorri, quando o chamam de “cagão”. A situação foi registrada em vídeos que começaram a circular na internet na madrugada deste domingo (28).Conforme as imagens, por várias vezes o comandante do voo precisou pedir para que os passageiros se acalmassem. A principal crítica era quanto a soltura de diversos investigados, em sua maioria por corrupção. No vídeo, um passageiro diz “Polícia Federal para ele. O amigo do Daniel Dantas, do Aécio Neves”.

Durante o voo, um dos passageiros chega a "oferecer" R$ 5 para que o ministro solte o seu cinto de segurança. Enquanto isso, outro logo provoca ao fundo “vergonha para família”. Na sequência, se inicia um coro de “Fora Gilmar”, provocações que o mato-grossense rebateu apenas com um sorriso. Para prevenir, o comandante da aeronave teve que parar em um ponto remoto e acionar a Polícia Federal para realizar a escolta do ministro.Mato-grossense de Diamantino e envolvido em polêmica acerca da faculdade que era de sua família, Gilmar Mendes é popularmente conhecido como responsável pela soltura de figuras emblemáticas na corrupção no país. Entre elas está o ex-ministro José Dirceu, o empresário Eike Batista, o banqueiro Daniel Dantas, e de inclusive ter ligado para o ex-governador Silval Barbosa (MDB) cinco dias após a PF vasculhar o duplex na operação Ararath.

Em 2017, Gilmar também mandou soltar, por duas vezes em menos de 24h, o empresário Jacob Barata Filho, empresário do transporte público do Rio de Janeiro, preso por corrupção. Em 2013, o ministro foi padrinho de casamento da filha de Barata.Esta não é a primeira vez em que o ministro é hostilizado. Em outubro passado, ele foi alvo de tomates em frente ao Instituto de Direito Público (IDP). O outro caso foi no início deste mês em Portugal, quando foi hostilizado por duas brasileiras nas ruas da cidade. O ministro é alvo de, pelo menos, cinco petições protocoladas no ano passado, que buscam a destituição do mesmo no STF.

 





Fonte: RDNEWS
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Pol√≠tica
23/05/2018
22/05/2018
21/05/2018
18/05/2018
17/05/2018
15/05/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2018 - Juara Net