QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 22 de Setembro de 2018
notícias
 Política
     
Vice-Governador de MT defende Estado mínimo e diz que fundo de R$ 500 milhões só funcionará se houver corte de gastos

 O vice-governador Carlos Fávaro (PSD) afirmou em entrevista ao programa Conexão Poder, que é contra o aumento da carga tributária em Mato Grosso e ressaltou que a criação do Fundo de Estabilização Fiscal, proposto pelo governador Pedro Taques (PSDB) para arrecadar R$ 500 milhões em um ano, só terá valia se o Governo cortar gastos.“Eu não sei os detalhes, mas se é um momento  que precisa fazer esse ajuste que está sendo tratado como fundo tudo bem. Mas tem que vir atrelado ao corte de gasto e eficiência  da gestão, porque senão passa um ano e estamos de novo com o mesmo problema”, declarou.Fávaro ressalta que defende o Estado mínimo e “menos atrapalhador da iniciativa privada”.Questionado sobre o que faria se fosse governador, Fávaro declarou que investiria nas parcerias com a iniciativa privada e privatizaria serviços, como a manutenção de estradas, que deixariam o Estado livre para investir na atuação da Segurança Pública e Educação que precisam ser geridos pelo Governo.“O Estado  não foi feito para guardar dinheiro. O Estado foi feito para gerir. O Estado mínimo, mais enxuto, mais eficiente,  menos atrapalhador, precisa ter uma boa regulação, combate à  corrupção. São assuntos importantes e é o papel do Estado fazer “, detalhou.





Fonte: Reporter MT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Política
17/08/2018
16/08/2018
15/08/2018
14/08/2018
13/08/2018
09/08/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete

Início   -   Eventos   -   Vídeos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conheça Juara
© 2018 - Juara Net