QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 16 de Julho de 2018
notĂ­cias
 PolĂ­tica
     
Em bate-boca, Wilson lança para JanaĂ­na Riva desafio para renĂșncia de mandatos; veja vĂ­deo

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT


 Carlos Gustavo Dorileo


De volta à Assembleia Legislativa desde a semana passada, o deputado estadual Wilson Santos (PSDB) voltou a ter embates com a deputada Janaina Riva (MDB) por conta de críticas ao governo. O tucano foi líder do governo na AL no começo da gestão e depois assumiu a Secretaria de Cidades.Na sessão da noite desta terça-feira (10), respondendo a uma acusação da emedebista de que houve o roubo de R$ 56 milhões na Seduc durante o governo Taques, fato que foi apurado pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) na operação ‘Remora’, Santos desafiou a colega a se renunciar caso seja comprovado que não houve desvios do montante apontado por ela. “Se realmente aconteceu o que a senhora acabou de dizer aqui, que houve um roubo de R$ 56 milhões na Seduc na gestão Pedro Taques, eu, Wilson Santos, renuncio o mandato na semana que vem. Agora eu quero perguntar à senhora, se renuncia o seu mandato, se a senhora faltou com a verdade neste assunto?”, desafiou o deputado.

 

Em resposta, Riva disse que jamais deixaria o cargo pelo compromisso que tem com seus mais de 48 mil eleitores, destacando que a denúncia não é dela e sim do Ministério Público Estadual (MPE) e vem sendo apurado pela justiça.“O meu mandato eu não renuncio jamais, porque ele não é meu, e sim de 48,7 mil mato-grossenses. Quem denúncia este roubo de R$ 56 milhões na Seduc é o Ministério Público, é a doutora Selma Arruda, que não é mais juíza, mas foi quem mandou prender o Permínio [Pinto, ex-secretário de Educação], que coletou a delação de Alan [Malouf], coletou a delação de Giovani Guizardi [empresário envolvido no esquema]. Eles denunciaram este roubo de R$ 56 milhões”, rebateu a parlamentar.“Se o valor é R$ 56 mil, isso para mim não importa. A denúncia é de R$ 56 mil. Agora se vossa excelência acha que um desafio como este vai fazer com que o seu governador se livre de mim, vossa excelência está muito enganado, porque eu pretendo continuar neste parlamento por muito tempo. Enquanto eu tiver aqui, o seu governador não rouba R$ 1, que eu venho nesta tribuna denunciar”, finalizou.

 

A deputada se referia ao esquema de corrupção identificado pela Polícia Civil e Ministério Público ocorrido no primeiro ano de gestão de Pedro Taques, na secretaria de Estado de Educação, em que donos de construtoras pagavam uma propina de 5% dos valores de obras da escola para conseguir receber os recursos do estado. O ex-secretário da pasta Permínio Pinto, além de servidores e empresários, acabaram sendo detidos e o processo está tramitando na 7ª Vara Criminal de Cuiabá.  

 

 

 





Fonte: Olhar Direto
 0 ComentĂĄrios  |  Comente esta matĂ©ria!
 Mais PolĂ­tica
16/07/2018
12/07/2018
11/07/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete

InĂ­cio   -   Eventos   -   VĂ­deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conheça Juara
© 2018 - Juara Net