QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 15 de Agosto de 2018
notícias
 Pol√≠tica
     
Comit√™ criado pelo Governo j√° apresenta resultados em solu√ß√Ķes para a crise em Mato Grosso

 Thiago Andrade 


O comitê de gestão de crise criado pelo governador Pedro Taques apresentou resultados contra a crise no abastecimento que atinge Mato Grosso em virtude da paralisação nacional dos caminhoneiros. Em 22 cidades, os postos de combustível receberam carregamentos com auxílio das forças de segurança.O Governo Estadual, por meio das forças de segurança pública, realizou até o momento 102 escoltas de caminhões carregados com combustíveis, atingindo 22 cidades. O mesmo trabalho será feito com relação ao gás de cozinha. Mais de 20 carregamentos já foram identificados pelo comitê gestor da crise, que serão conduzidas às fábricas para envasamento.

Outra medida adotada pelo Governo foi adesivar veículos com cargas de animais vivos e alimentação animal para que possam passar livremente pelos pontos de manifestação. “A manifestação é pacífica, ordeira e estão liberando os caminhões com o adesivo criado pelo governo, através do Indea”, disse o governador.O governador Pedro Taques destacou ainda a proposta de Mato Grosso em congelar a pauta do preço do óleo diesel, sem absorver o aumento de 17% no valor do combustível feito pela Petrobras. “Avançamos nesse sentido, o Decreto já está no Diário Oficial e o Estado está fazendo uma articulação nacional para isso, somos protagonistas neste sentido”, afirmou.   

Ainda sobre a volta a normalidade, Taques ressaltou que mais de 80% das escolas estaduais já voltaram às aulas.  Outro ponto foi quanto à saúde, que não apresenta grande problema, exceto de Sinop em que uma articulação com o Exército Brasileiro vai levar nesta quarta-feira (30.05) insumos de saúde para o adequado funcionamento do Hospital Regional.“Temos todo sistema de segurança na rua, temos todas as agências, garantimos ao cidadão toda segurança possível, todas as viaturas estão em funcionamento e com combustível”, disse.

Quanto a energia, a concessionária do setor estava na reunião e apresentou a demanda de levar combustível para a termelétrica de Querência e do Distrito de Guariba. “É preocupante a situação em alguns municípios, mas estamos com as forças de segurança nas ruas para evitar qualquer tipo de bloqueio, que impeça o cidadão de ir e vir e atrapalhe o trânsito de produtos essenciais, e nós não permitiremos isso, estamos em contato com o comando do Leste, do Exército, com os outros governadores”, comentou o governador Pedro Taques.O governador disse que os setores de inteligência do Estado e da União, já identificou pessoas envolvidas com partidos políticos e outros movimentos.Representantes da Fiemt, dos distribuidores de combustíveis, comando do Exército em Mato Grosso, Polícia Rodoviária Federal (PRF), setor atacadista, serviços essenciais (telefonia e energia) e todos os órgão do Governo.    

Confira um panorama de como está a situação em Mato Grosso:

Cidades de Mato Grosso que já decretaram situação de emergência: Chapada dos Guimarães; Itanhangá; Mirassol d’Oeste; Sorriso; Tangará da Serra; Água Boa; Campinápolis; Guiratinga; Nova Monte Verde; Nova Nazaré; Nova Olímpia; Paranatinga; Porto Alegre do Norte;  Ribeirãozinho e Nova Monte Verde.

O decreto irá auxiliar no abastecimento dos municípios porque permitirá a compra de itens essenciais com dispensa de licitação. A escolta contínua para os insumos essenciais como combustível.

Entrega de medicamentos de helicóptero até Sinop nesta quarta-feira.

As cirurgias eletivas ainda estão suspensas nos Hospitais Regionais.

27 Pontos de manifestação em Mato Grosso.

Força-tarefa para chegar diesel nas usinas termelétricas (Querência e no Distrito de Guariba).

Preocupação com a indústria (falta de matéria-prima).

Vacina de gripe (estoque até o dia o início de junho).

Alimentação nos presídios (Família pode levar alimento, flexibilização dos cardápios).

Vacinação de Febre Aftosa (Pedido para estender até o dia 15).

Carga de alimentação animal com adesivos da Defesa Civil e Indea passaram pelos pontos de manifestação.

Caravana da Transformação (funcionamento normal em Sinop).

Centro de Comando e Controle Integrado em atividade fazendo a organização das escoltas.

102 escoltas, 66 viaturas empregadas, 22 municípios atendidos, 198 policiais no efetivo, 26 escoltas empregadas.

80% das escolas estão em funcionamento no Estado, nas outras unidades as aulas foram suspensas.

Procon atuando desde o início da greve junto com a Decon (Delegacia do Consumidor).

 




Fonte: Gcom-MT
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Pol√≠tica
14/08/2018
13/08/2018
09/08/2018
08/08/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete

In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2018 - Juara Net